Home |  Taekwondo |  Karate  |  Ninja  |  Hapkido  |  Judo  |  Jiu-Jitsu  |  Muay-Thai  |  Aikido  |  Kung-fu  |  Acessórios  |  Faixas  |   Contato
Taekwondo ITF |  Capoeira |  Full Contact |  Kick Boxing |  Kendo |  Krav-Maga |  Savate |  MMA |  Tai-chi Chuan |  WUSHU |  Taijutsu |  Qwan-ki-do
BOXE |  Sambô |   Kempo |  Agasalhos |  Camisetas |  Bonés |  Mochilas |  Chinelos |  Livros |  Variedades |  Pontos de Venda
Sobre o Jiu-Jitsu
<< Voltar
  O Jiu-Jitsu  

O jiu-jitsu ou jiu-jítsu, também conhecido pelas grafias jujutsu ou ju-jitsu é uma arte marcial japonesa que utiliza alavancas e pressões para derrubar, dominar e submeter o oponente, tradicionalmente sem usar golpes traumáticos, que não eram muito eficazes no contexto em que a luta foi desenvolvida, porque os guerreiros (bushi) usavam armaduras.

No Japão, o termo judô foi usado para se diferenciar do antigo jiu-jitsu, quando Jigoro Kano desenvolveu um método esportivo reunindo as técnicas menos perigosas do jiu-jtsu. Os ideogramas Kanji japoneses de Jiu jitsu, podem receber diferentes pronúncias. O ideograma "jiu" de jiu-jitsu e "ju" de judô , são na verdade o mesmo.

O lutador do Kodokan, Mitsuyo Maeda, foi incumbido de levar o judô para algumas partes do mundo chegando nos EUA e Brasil.

Em suas lutas pelo mundo, sempre aprendia e incorporava técnicas ao seu estilo, e também lutava em exibições. Maeda nunca foi expulso do Kodokan, como tentam jogar para as pessoas, pelo contrário, foi um grande difusor do Judo Tradicional Kodokan que também era conhecido como o Jiu-Jitsu e deu origem ao estilo Brazilian-Jiu-Jitsu.

Todas as formas de Arte marcial japonesas atuais são "restauradas" tendo em vista que seus idealizadores foram contemporâneos, como Jigoro Kano (Judo), Morihei Ueshiba (Aikidô)e outros mais novos como mestre Oyama (kiokushin). Estes estilos foram fundados por volta de 1900 como produtos de exportação do Japão para os gaijin, sendo então estilos desmembrados e deslocados dos contextos antigos, para ensinar técnicas isoladas, uma maneira de não perder a hegemonia nas artes marciais.

Basicamente usa-se a força (própria e, quando possível, do próprio adversário) em alavancas, o que possibilita que um lutador, mesmo sendo menor que o oponente, consiga vencer. No chão, com as técnicas de estrangulamento e pressão sobre articulações, é possível submeter o adversário fazendo-o desistir da luta (competitivamente), ou (em luta real) fazendo-o desmaiar ou quebrando-lhe uma articulação.

A história mais divulgada de praticamente todas as artes marciais orientais se insere na mesma tradição lendária da origem do Zen, ao qual se pretende que estas artes marciais estejam ligadas em sua origem:

o Zen teve origem na Índia, através da difusão feita por missionários budistas saídos desta região e, nesta linha, se chega à figura lendária de Bodhidharma, indiano que teria sido o 28º patriarca do Zen, fundador do Mosteiro Shaolin, na China, de onde se teriam originado os estilos do kung fu (Wu Shu),
exportados
para o resto do Oriente nesta clara tentativa de ligar todas as artes marciais orientais a esta lendária origem comum com a origem do Zen.


 
Segundo um especialista do quilate de Donn Draeger, Ph D em Haplologia e especialista em Artes Marciais orientais, “o jujutsu em si é produto japonês”.

Para ele, atribuir ao Jiu jitsu origem mesmo chinesa é o mesmo que atribuir ao inventor da roda o desenvolvimento dos carros modernos. Mesmo numa obra escrita por autores da família Gracie, como o livro de Jiu jitsu do Royce e do Renzo Gracie, vemos uma discussão mais realista sobre esta questão das origens do Jiu-jitsu.
Antigamente havia vários estilos de jiu-jitsu, e cada clã tinha seu estilo próprio. Por isso o jiu-jitsu era conhecido por vários nomes, tais como: kumiuchi, aiki-ju-jitsu, koppo, gusoku, oshi-no-mawari, yawara, hade, jutai-jutsu, shubaku e outros.
No fim da era Tokugawa, existiam cerca de 700 estilos de jiu-jitsu, cada qual com características próprias. Alguns davam mais ênfase às projeções ao solo, torções e estrangulamentos, ao passo que outros enfatizavam golpes traumáticos como socos e chutes. A partir de então, cada estilo deu origem ao desenvolvimento de artes marciais conhecidas atualmente de acordo com suas características de luta, entre elas o judô e o aikidô.
 


Kimonos Shizen 2017
Todos os direitos reservados

MARILI LUCAS FARIA - ME | CNPJ: 03.743.203/0001-66 | R FELIPE JORGE, 221 - CENTRO - BOITUVA / SP - CEP 18550-000
EMAIL: vendas_shizen@hotmail.com | TELEFONE (15) 3363-1334

Os dados acima atendem o decreto nº 7.962, contudo não realizamos atendimento presencial, visto que a Shizen Kimonos, possui atendimento de qualidade por meio eletrônico.